Por que estamos sonhando mais nesta quarentena?

Atualizado: 25 de mai. de 2020



O nosso sono, comumente, passa por um ciclo sono-vigília, necessário para o nosso descanso e neste ciclo, vivenciamos quatro fases.


É na quarta fase, conhecida como estágio do sono REM, que acontecem os sonhos. É quando conseguimos experimentar um sono mais profundo.


Com as mudanças de hábitos provocadas pela quarentena, passamos a dormir mais, acordar sem grandes preocupações com compromissos extras. O trabalho em home office nos favorece um sono mais tranquilo e com isso mais facilmente entramos em sono REM, logo sonhamos mais.


Na fase do sono REM, o nosso fluxo de energia psíquica e movimentos motores são canalizados para as vias sensoriais - o que torna o conteúdo dos nossos sonhos intensos e “reais”.


Para a neurociências, o nosso sistema dopaminérgico mesolimbico mesocortical relaciona-se aos nossos estados motivacionais. Dessa forma, as áreas cerebrais de recompensa e prazer são ativadas durante o sono e o sonho acontece por estarmos em um estado de relaxamento muscular intenso e nossas funções motoras encontrarem-se relaxadas.


De acordo com a teoria Freudiana, "o sonho é uma realização disfarçada de um desejo reprimido".


Percebemos, portanto, que as teorias se complementam e, de fato, sonhamos mais quando estamos relaxados e tranquilos.


Gostaram do nosso post de hoje? Comenta o que você mais gostaria de ver por aqui!


#sonho #sono #ciclodosono #psicanalise #neurociencias #neuropsicologiacomeveninglopes

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo